Plano de Saúde Empresarial

599
Una disfunción eréctil es la impotencia de obtener o mantener una erección. comprar kamagra en madrid saber cuál es el medicamento ideal para usted depende de diferentes factores. International consumers sometimes purchase drugs online from online pharmacies in their own countries, or those located in other countries. Some of these pharmacies require prescriptions, while others do not. Big amount of citizens simply cannot allow themselves to get health insurance so they have choice to pay for the really expensive prescription meds or trying to buy generic pills online. Generics produced in India are very good as other branded meds. Only trusted pharmacy produces them such as Cipla. Having this in top one is allowed to purchase revia uk in generic pharmacy online with extremely affrodable shipping to any point in the world The global pharmaceuticals market is worth US0 billion a year, a figure expected to rise to US0 billion within three years.
Plano de Saúde Empresarial

O que é Plano de Saúde Empresarial

Genericamente trata-se do plano de saúde contratado por uma empresa, conselho, sindicato ou associação junto à operadora de planos de saúde para oferecer assistência médica e/ou odontológica às pessoas vinculadas a essa empresa, incluindo seus dependentes . Pode ser um plano de saúde empresarial ou um plano coparticipativo por adesão.

O coletivo empresarial é um tipo de plano contratado por pessoas jurídicas para atender a uma massa populacional específica que mantém um vínculo empregatício, associativo ou sindical com o contratante. O coletivo por adesão é um tipo de plano opcional oferecido por uma pessoa jurídica a um determinado grupo de pessoas que possuem vínculo empregatício, associativo ou sindical com o contratante. Todos têm livre escolha para aderir ou não.

Podem fazer parte do plano de saúde empresarial os empregados ou servidores públicos, demitidos e aposentados, sócios, administradores e estagiários da empresa contratante. Seus familiares podem participar como dependentes, desde que se respeitem os graus de parentesco previstos na legislação, ou seja, até o 3º grau de parentesco consanguíneo, até o 2º grau de parentesco por afinidade e cônjuge ou companheiro.

A maioria das operadoras de plano de saúde fornecem planos empresariais. Podemos citar:

Carência

Nos planos empresariais com número de participantes igual ou maior que 30, os beneficiários que aderirem ao plano em até 30 dias da assinatura do contrato não precisarão cumprir carência nem cobertura parcial temporária (CPT). Assim, novos funcionários ou dependentes precisarão contar 30 dias de vinculação à empresa que contratou o plano de saúde para ter direito a ingressar no plano. Caso o ingresso no plano ocorra após esses períodos ou o plano empresarial tenha menos de 30 participantes, a empresa que vende o plano de saúde poderá exigir o cumprimento de prazos de carência.

No caso do beneficiário titular deixar de ser empregado da empresa contratante (para demissão e aposentadoria há regras específicas) o contrato coletivo de plano de saúde pode ser interrompido especificamente para aquele beneficiário; já se o beneficiário dependente deixar de ser dependente do titular do plano , o serviço só poderá ser interrompido para o dependente.

Reajuste

No Plano de Saúde Empresarial, o índice de reajuste por variação de custos é definido conforme as normas contratuais livremente estabelecidas entre a operadora de planos de saúde e a empresa que contratou o plano. Esse reajuste deve ser comunicado à ANS pela empresa que comercializa o plano no máximo até 30 dias após sua aplicação.

No caso de um plano coletivo por adesão (contratado por um sindicato ou uma associação), pode acontecer cobertura parcial temporária (CPT), o que significa que o plano pode ou não cobrir, por até no máximo 24 meses, cirurgias, internações em leitos de alta tecnologia (UTI/CTI) e procedimentos de alta complexidade exclusivamente relacionados à doença ou lesão que o consumidor já tinha quando adquiriu o plano de saúde.

Após esses 24 meses, o plano de saúde fica obrigado a cobrir todos esses atendimentos. Por outro lado, se for um plano de saúde empresarial (contratado pela empresa para a qual a pessoa trabalha) com mais de 30 beneficiários e o consumidor tiver ingressado no plano em até 30 dias da data da formalização do contrato do plano de saúde ou da vinculação desse consumidor à empresa contratante, não poderá ocorrer cobertura parcial.

 

35 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA