Você costuma ter enxaqueca com muita frequência? Faz uso constante de medicamentos para diminuir a dor? Saiba que você não está sozinho. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que, somente no Brasil, a enxaqueca afeta cerca de 30 milhões de pessoas. No mundo, aproximadamente 15% da população mundial sofre deste mal. E os motivos são muitos: estresse, má qualidade do sono e da alimentação, quadros de desidratação, contato com produtos químicos e/ou perfumes de fortes odores, ficar em jejum. Nas mulheres, alterações hormonais também entram na lista.

[vc_btn title=”COTE PLANOS DE SAÚDE PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA»” style=”3d” color=”sky” size=”lg” align=”center” button_block=”true” css=”.vc_custom_1446825601510{padding-bottom: 50px !important;}” link=”url:http%3A%2F%2Fwww.cenarioleads.com%2Flp%2Fplano-de-saude-647%2F1127%3Futm_source%3DBlog%2BSaude%26utm_medium%3Dblog%26utm_campaign%3Dcpm||target:%20_blank”]

Afinal de contas, você sabe o que é enxaqueca? Muitas pessoas confundem enxaqueca com uma simples dor de cabeça. Mas são duas coisas completamente diferentes. Dores de cabeça costumam apresentar sintomas leves e de curta duração. Já a enxaqueca apresenta um período de dor mais prolongado, com dores mais profundas. Veja a seguir quais são os principais sintomas da enxaqueca. Saiba como identificá-la e amenizá-la.

Conheça os principais sintomas da Enxaqueca

Pessoas que sofrem de enxaqueca costumam perceber quando a crise está para chegar, apresentando inchaço e dor nos olhos, irritabilidade, sensação de cabeça pesada, visão turva, vontade de ingerir alimentos doces, entre outros. Prestar atenção aos primeiros sintomas da enxaqueca é fundamental para prevenir e tratar crises mais pedadas.

O sintoma mais característico da enxaqueca é a ocorrência de dores intensas, em apenas um dos lados da cabeça. Trata-se de uma inflamação do nervo trigêmio, que faz conexão entre o cérebro e o sistema nervoso. Dependendo do nível, a dor costuma ser latejante ou pulsátil, com duração de 4 a 72 horas. Em alguns casos, a enxaqueca também pode apresentar quadros de náuseas, vômitos, intolerância à luz, ruídos, além de tonturas, entre outros.

Para iniciar o correto tratamento da enxaqueca é necessário descobrir a verdadeira causa desse transtorno neurológico.

Fatores que causam enxaqueca

As causas da enxaqueca são muitas. Conheça os fatores mais comuns que podem desencadear um quadro de dor:

  • Hormonal: Pode ocorrer durante o ciclo menstrual, após as oscilações hormonais e queda brusca do hormônio estrogênio. Isso faz com que os vasos sanguíneos fiquem dilatados e as dores apareçam.
  • Má alimentação e Jejum: Passar horas sem comer é um dos principais fatores desencadeantes da crise. Os níveis de glicose no sangue diminuem e acabam prejudicando o correto funcionamento do cérebro. Certos tipos de alimentos também podem ocasionar enxaquecas, como: chocolate, queijos, vinho, excesso de sal e açúcar, alimentos industrializados. Rever a sua alimentação é um ótimo começo para detectar possíveis causas da enxaqueca.
  • Estresse e sono inadequado: Passar por situações de estresse constante, seja no trabalho ou na vida pessoal, são certeiros para desencadear a dor, uma vez que o cérebro e o sistema nervoso ficam acelerados. O estresse também pode afetar a qualidade do sono. Dormir poucas horas ou dormir em excesso podem prejudicar sua cabeça.
  • Cheiro, luz e barulhos: Para alguns, odores fortes podem ser cruciais para gerar uma crise. Perfumes, produtos de limpeza, cigarro, etc. Luz forte e barulhos muito altos também incomodam bastante. O ideal é que, no momento da crise, o paciente permaneça em um ambiente escuro, silencioso e longe de qualquer estímulo visual e olfativo.

Tratamento para Enxaqueca

Se você sofre desse distúrbio com frequência, procure por um neurologista especializado no assunto. Realizar exames e fazer acompanhamento médico adequado é o primeiro passo para amenizar os seus sintomas. Somente um médico especialista poderá indicar o tratamento adequado para cada perfil de paciente. Isso ajuda a evitar problemas mais sérios de saúde, como o desenvolvimento de enxaqueca crônica, aquela que ocorre com maior frequência. Nesse caso, como já foi abordado neste blog, uma dica importante é evitar a automedicação.

Contate uma operadora de Saúde!

Na seção Guia, aqui no Especial Saúde, você encontra o contato de ótimas operadoras de planos de saúde, caso precise de acompanhamento médico para tratar de enxaqueca ocasional ou crônica. Mas, se você não quer perder tempo, faça aqui a sua cotação online de plano de saúde. Cuidar da saúde é o primeiro passo para levar uma vida com mais qualidade e bem-estar.

Dúvidas sobre planos de saúde?

Tire suas dúvidas sobre Planos de Saúde conosco. É um serviço gratuito, criado para auxiliar você no que for preciso. Envie sua mensagem para nossos especialistas e receba informações atualizadas!

[vc_btn title=”COTE PLANOS DE SAÚDE PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA»” style=”3d” color=”sky” size=”lg” align=”center” button_block=”true” css=”.vc_custom_1446825601510{padding-bottom: 50px !important;}” link=”url:http%3A%2F%2Fwww.cenarioleads.com%2Flp%2Fplano-de-saude-647%2F1127%3Futm_source%3DBlog%2BSaude%26utm_medium%3Dblog%26utm_campaign%3Dcpm||target:%20_blank”]